Seminário do Enade terá transmissão ao vivo na internet

24 de maio de 2017

Temas voltados para cursos a serem avaliados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) são o principal foco do Seminário Enade, em 1º de junho, no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em Brasília.

É a primeira vez que o evento, realizado anualmente, será transmitido ao vivo, no portal do Inep. O objetivo é permitir que Procuradores Institucionais (PI) e coordenadores de curso das mais de 2.390 IES distribuídas pelo Brasil possam conhecer melhor aspectos operacionais de inscrição e aplicação do exame.

Participam da cerimônia de abertura do seminário, às 9h, a presidente do Inep, Maria Inês Fini; o diretor de Avaliação da Educação Superior, Rui Barbosa de Brito Júnior; a diretora de Gestão e Planejamento, Eunice de Oliveira Ferreira Santos, e o presidente da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior, Paulo Antônio Gomes Cardim.

A programação inclui palestras sobre o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e o Enade, e a forma como o exame permite produzir os indicadores de qualidade da educação superior. Serão apresentados o fluxograma da elaboração da prova, novidades na edição 2017 e detalhes sobre o Sistema Enade.

ENADE 2017 – Nesta edição, com aplicação em 26 de novembro, o Enade é direcionado aos estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de arquitetura e urbanismo, engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia de alimentos, engenharia de computação, engenharia de controle e automação, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia florestal, engenharia mecânica, engenharia química, engenharia e sistemas de informação; dos cursos com diplomação de bacharel e licenciatura nas áreas de ciência da computação, ciências biológicas, ciências sociais, filosofia, física, geografia, história, letras-português, matemática e química; cursos que conferem diploma de licenciatura nas áreas de artes visuais, educação física, letras-português e espanhol, letras-português e inglês, letras-inglês, música e pedagogia; e dos cursos que conferem diploma de tecnólogo nas áreas de análise e desenvolvimento de sistemas, gestão da produção industrial, redes de computadores e gestão da Tecnologia da Informação.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Inep